segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Do riso e do choro.



Choro com a mesma facilidade com que dou uma gargalhada. Não, não tenho uma doença bipolar, apesar de já apresentar certos distúrbios... Mas, as mesmas coisas que me alegram, são as mesmas que me partem o coração.

Amo a minha família e os meus amigos, são os meus pilares. Por isso as suas alegrias são as minhas alegrias e as suas lágrimas são as minhas lágrimas.

Choro também em momentos de felicidade, choro em casamentos, em finais de filmes, enfim, choro por tudo quanto me faz rir.

Hoje abri o e-mail e fiquei com os olhos razos de água. Num tinha noticias de quem está longe e foi tamanha a felicidade que logo tive vontade de chorar.

Outro uma partilha de sentimentos e emoções de alguém que não conheço, mas que de alguma forma, por termos tido algo comum nos emocionamos.

Por isso concluo que só aquilo que me dá alegria me faz chorar, me emociona.

Quando era pequenina, chorava desalmadamente, quando me cantavam os parabéns. Todos me gozavam, acho que nunca ninguém percebeu que chorava de felicidade por vê-los todos juntos. Agora que estou grandinha... disfarço as lágrimas dizendo:

- Lembram-se o que eu chorava quando me cantavam os parabéns?!?

6 comentários:

Elsa Pinto disse...

É bem verdade... já a vi chorar algumas vezes, uma delas ninguém entendia porquê.
Era por pena do ser humano, o estado da pessoa era tão deplorável e perdida que mal a atendeu, desatou a chorar sufocada.
No entanto para o comum dos mortais passaria completamente ao lado!
E não é nenhuma choramingas não senhora, às vezes roi-se por dentro, mas não derruba facilmente.
Isto cá de chorar, não é, nem por, nem para, qualquer um!

Ana disse...

Eu também te vi chorar algumas, já são muitos anos juntas... :) Mas agora que me puseste a pensar no assunto concluo que choro bem mais com as alegrias,minhas e dos outros,do que com as tristezas!! Emociono-me ao ver os amigos e familiares juntos,emociono-me com os reencontros dos que se amam,choro nos casamentos das pessoas que gosto, a cantar os parabéns,a ouvir o Hino, a ouvir uma música que goste ao vivo...deve ser a idade!! ;)
Beijo
Ana

Anónimo disse...

Como eu te entendo porque será??
será que tem a ver com água...peixes..??? idade????

beijinho,

cf

JS disse...

Minhas amigas somos todas choronas pq vivemos com intensidade!!!

Quanto a nos Ana, são muitas estórias dentro da nossa história... e por vezes as lágrimas são outras:

- Ó Frutas, fecha o portão que dá corrente de ar, ás senhoras!!!

Ana disse...

LOL.Um verdadeiro ataque de parvalheira...não me ria assim até às lágrimas há já algum tempo!

Ana

Carlos Teles Grilo disse...

Já chorei de dor, de raiva, de frustração ... de saudade ...