quarta-feira, 24 de junho de 2009

Não sei.



Podem ser muitas, todas ou nenhuma. Não sei.

Ás vezes um abraço pode ser doce e profundo como um beijo.

Ás vezes um beijo pode dar-nos o conforto de um abraço.

Ás vezes tenho mesmo de beijar quem abraço e não sou capaz de beijar sem abraçar.

Se há diferenças? Claro que há, mas para que se quer saber...

10 comentários:

Maria Manuela disse...

Cá abracito e cá beijito. Já estás melhor?

Pedro Viegas disse...

Duas obras primas inventadas por alguém que precisava de um afago, um aconchego, de uma sensação "diferente".
O abraço e o beijo.
Sós ou acompanhados. Não será necessário guitarra nem flores. Apenas o espaço suficiente para caberem os dois.

Gostei.

JP

maria teresa disse...

Também não sei!
Um abraço sabe tão bem...é tão aconchegante.
Acontece que neste momento estou mais necessitada de um abraço muito apertadinho do que de um beijo.
:):)

Carval disse...

Dou muito valor ao abraço.
Abraçar os amigos, os amores, os familiares.
Conheço muita gente que tem medo de abraço... será possível?

Coitados... não sabem o que perdem.

disse...

Gostei da tua resposta!

Ana Serrano disse...

Gosto muito dos dois!E concordo contigo, sempre que dou um beijo também dou um abraço! Não saberia escolher um dos dois...
Beijo

Versos Brancos disse...

Abraços e beijos!
Gestos preciosos :D

Ritinha disse...

Um beijo e um abraco... :)

momentos disse...

Concordo plenamente, há diferenças que "podem ser muitas todas ou nenhuma, não sei"!
A resposta depende do momento!
O gozo está em descobrir...

JS disse...

Maria Manuela, para ti também e sim já estou melhor, obrigada!

Pedro, o eterno romântico..

Maria Teresa, então...abracinho!!

Carval, bem vindo!


Bê,obrigada!

Ana Serrano, és das minhas!

Versos Brancos, bem vinda!

Ritinha, para ti também minha querida!

Momentos e eu já recebi muitos beijos e abraços dentro de uma caixa!!!