quinta-feira, 11 de junho de 2009

Olha...



Não deve haver muita gente que consegue por o coração a um canto.
Se souberem como é, como se faz, como se consegue, não me digam.
O meu quero que fique dentro de mim.

10 comentários:

Daniel Monferrato disse...

Não sei, nem quero saber! Espero mantê-lo sempre por perto...
Quanto muito, possi tentar confiá-lo a alguém que cuide bem dele...

http://danielandgabriella.blogspot.com/

Hyndra disse...

Tb nao me parece bem a ideia de ter o coração a um canto.

Ana Serrano disse...

É, mais vale ficar sempre bem juntinho de nós, não vá ele perder-se!
Beijinho

maria teresa disse...

Se o coração não estivesse dentro do peito o poeta não podia falar assim:

"Solemnia Verba

Disse ao meu coração: Olha por quantos
Caminhos vãos andámos! Considera
Agora, desta altura, fria e austera,
Os ermos que regaram nossos prantos...

Pó e cinzas, onde houve flor e encantos!
E a noite, onde foi luz a Primavera!
Olha a teus pés o mundo e desespera,
Semeador de sombras e quebrantos!

Porém o coração, feito valente
Na escola da tortura repetida,
E no uso do pensar tornado crente,

Respondeu: Desta altura vejo o Amor!
Viver não foi em vão, se isto é vida,
Nem foi demais o desengano e a dor."

Antero de Quental, in "Sonetos"

DIABINHOSFORA disse...

Ai coração...a quanto obrigas :))

S* disse...

O meu esta dentro do peito e sempre muito protegido.

disse...

Sempre no peito, bem protegido! Acho que fazes muito bem.

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Uau!

JS disse...

Há coisas que não se tiram do sitio. O coração é uma delas...

Carval disse...

Pois o meu me fez sofrer um pouco... Precisei colocá-lo de castigo em um canto.
Confesso que já sinto saudades...

Bjs.
Passei para conhecer, parabéns pelo seu blog.