quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Imaginem...

Imaginem uma rotunda.

Imaginem eu parada no meio da rotunda.

Imaginem que o condutor que se apresenta pela direita me faz um gesto com os ombros do género: então-como-é-que-é???

Imaginem que me parece um colega de liceu...

Imaginem que inicio uma sequência de gestos entre a língua gestual e a deficiência mental, quase a tocar na obscenidade...

Imaginem que o condutor desata às gargalhadas dentro do carro...

Imaginem a minha cara ao ver que afinal o tipo não era o meu colega de liceu...

12 comentários:

Ana Sofia Serrano disse...

Olá!
Acontece aos melhores! É como irmos na rua com alguém e ficamos para trás e continuamos a falar para outra pessoa como se fosse a que vai connosco;!
Beijinhos

Osvaldo Faísca disse...

Com certeza, foi uma cara, tudo menos de contente :D

Excelente blog ;)

Beijos,

Inês disse...

Minha querida...
Imagina que vou no centro comercial...
Imagina que vejo uma pessoa ao longe e acho que a conheço...
Tenho mesmo quase a certeza que nos devemos conhecer da faculdade, de uma festa, de qualquer lado...
Imagina que chego lá para cumprimentar essa pessoa e ela muito espantada porque não me conhece de lado nenhum (mas ainda assim cumprimenta-me! na dúvida...)...
Imagina que só depois disto tudo é que percebo que realmente não o conheço de lado nenhum, mas vi-o num programa de televisão!
Ah... Por isso é que a cara não me era estranha!
Imagina que digo: "Epá, desculpa lá..."... e viro costas...

Se é para contar "micos" eu tenho sempre histórias!

maria teresa disse...

Não imagino nada porque estou a rir à gargalhada...

fm disse...

Há dias ouvi uma história semelhante...uma instrutora do ginásio que chamou tudo a uma aluna... imaginem a cara quando a reconheceu...

Disse disse...

hahahahhahahahahahahahaah
hahahahahhahahahahahahaha

E que tal depois de tomar consciência disso fazer um gesto como a pedir para ele sair da frente? Tipo "não é contigo que estou a comunicar, pá! É com o que está atrás. Sai da frente! Ha! Oh... já foi...

Ritinha disse...

ih, ih, ih,..

DIABINHOSFORA disse...

hahahahah, imagino é que o tipo te deve ter achado o máximo:))

PB disse...

Podia ser muito pior. A mim ja aconteceu pior! Lol

Beijinhos

Tais Luso de Carvalho disse...

rsrss... achei muito gostoso e divertido este teu blog. Aquela loja de conveniências...

Bem, esse episódio que narraste, coisas semelhantes acontecem e a toda hora. São os imprevistos, e, se pararmos pra pensar são até divertidos. Voltarei.
tais luso

Mr Nelson disse...

hehehe!
imaginem que pode ser o início de uma bela amizade... :)

Hyndra disse...

lololol Funny!