sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Hoje era suposto ser um dia como os outros.

Acordar vestir as meninas, ir trabalhar, almoçar, ir trabalhar, ir buscar as meninas, banhos, secar cabelos, sopas, mimos, escrever e ir dormir.

E foi. Sem tirar nem pôr. Um dia exactamente igual aos outros.

Sem surpresas ou más notícias. Foi um dia normal, tão normal que agora senti uma estranha felicidade. Acho que foi a felicidade de ter vivido mais um dia. E principalmente de o ter partilhado...


4 comentários:

Ana disse...

Olá!
Eu gosto muito dos dias normais!!
Beijinhos

Giga disse...

obrigado por o fazeres :-)

Cat disse...

Pois é, também gosto dessa sensação de paz!

maria teresa disse...

É maravilhoso estarmos em paz connosco...
Bjs