segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Coisas minhas.




Tenho pensado na minha idade.

Não sei porque me assaltam estes pensamentos. Mas de repente tomei consciência que já não tenho 30 anos, mas também não cheguei aos 40. Os 35 anos, são aquela coisa, indefinida...um estado intermédio.

Sinto-me bem com esta idade. Não trocaria a mulher que sou hoje, pela menina que fui aos 20. Hoje sou mais completa e mais mulher.

Aos 20 era mais culta. Ainda estudava, lia imenso, ia ao cinema ao teatro e vivia num mundo completamente diferente.

Quinze anos depois, quase não pego num livro, vejo mil e uma vezes a Heidi e o meu mundo é dentro desta casa.

Contudo, tornei-me mais esperta, mais atenta aos outros e a minha inteligência tornou-se mais emocional.

Talvez por isso me sinta bem nesta idade, vou pintando o cabelo, vou descobrindo marcas aqui e ali que o tempo me empresta. Olho para as fotos antigas e reconheço que mudei muito. Há qualquer coisa que se perdeu no tempo.

Mas olho o espelho e vejo que há qualquer coisa que ganhei com o tempo.

15 comentários:

Ana disse...

Olá JS!
Como se costuma dizer, a idade é, essencialmente, um estado de espírito!
E, pelo que dizes, és uma pessoa muito melhor, evoluíste, e isso é muito bom!
Já estou como a outra do anúncio, se ter 35 anos é ser assim como a JS mal posso esperar pelos meus!;)
Beijinhos

Pedro disse...

:)É o devir. E é muito bom olhar para o espelho.

maria teresa disse...

Minha querida eu quando me olho ao espelho vejo-me como uma avó, mas sinto que tenho os mesmos sentimentos, as mesmas pulsões que tinha aos trinta. O invólucro tem-se modificado mas o "interior" é o mesmo...
Bj

Cor do Sol disse...

Eu que estou preste a completar 26 sinto-me também num estádio intermédio. Com o pensamento de que devia ter feito mais, mas que ainda tenho muito tempo para o fazer. Só espero conseguir ter a tua serenidade quando a este assunto. Admiro isso. Envelhecer assusta-me.

disse...

Adorei este texto, porque me identifiquei imenso com ele e com a descrição da diferença entre os 20 e os 30. Sinto o mesmo ;)

Laidita disse...

É a experiência que vamos ganhando com o tempo e com a vida.

Bjs.

mjoaob disse...

O tornarmo-nos mais emocionais é que faz com que aproveitemos melhor a vidinha. Aos 36 sinto-me muito mas muito melhor.
:)*

Tio do Algarve disse...

JS,
É um daqueles marcos, quase míticos, e o início de uma década muito interessante... Mantém-se o espírito jovem, os mesmos ímpetos dos 20 mas, incomparavelmente, mais domínio...
É uma idade fantástica para as mulheres e que nós gostamos muito...La Femme Fatal, certamente estará entre os 35 e os ?? ...

Ritinha disse...

Aqui a tua blogoamiga pode dizer que estas optimo por dentro e por fora. ;)

Disse disse...

E vão dois...

Cat disse...

Sinto exactamente as mesmas coisas e penso muito nisso agora que se aproxima o meu 34º aniversário mas sinto-me muito jovem no meu espírito ainda que diferente nas fotografias de há 8, 10 ou 15 anos atrás. Depois ver desenhos animados rejuvenesce qualquer um...
beijinhos

Marquês de Sade disse...

Tenho quse 30 e a única coisa que verdadeiramente me importa é olhar para trás e sorrir... Olhar para a frente e sorrir!
Tudo o resto n me interessa!
Bjinho

JS disse...

Ana! Isto tem dias...mas com a idadeganhamos muito mais do que aquilo que perdemos.

Pedro, é bom mas tenho que ter o risco nos olhos!!! lol lol

Maria Teresa, pois então que se mantenha sempre tao jovem e tao madura..

Cor do Sol, envelhecer é viver e isso nao te deve assustar. Mas ainda tens tudo á tua frente, ainda tudo está por acontecer e issoé fabuloso!!!

Bê, é isso mesmo!

Laidita,é verdade! Sé é!

mjoãob, as nossas prioridades modificam-se ...

O Tio acredita que um dos meus amigos mais jovens conhecio-o com 102 anos?!?!

Ritinha, tu sabes que és tu que me pões a pensar nestas coisas,não sabes?

Disse,vão? não percebi....vou parecer burrinha, mas nao percebi....buáá

Cat,temos mesmo muito em comum, um abraço**

Marquês, o menino tem o mundo à sua espera e o melhor é que sabe-o muito bem. Sorria...

Disse disse...

Partilho de quase tudo. Temos 1 ano de diferença. Só não pinto o cabelo :)

E vão dois no sentido, já somos dois a ter volta e meia este pensamento.

Marissa Cooper disse...

É a primeira vez que visito o seu blog, mas adorei o post. Não consigo entendê-la muito bem, pois só tenho 20 anos e apreciei a sua descrição em relação à minha idade. Se com 20 gostava de ser mais nova, imagino que com 35 queira ter 20. Espero chegar à sua idade e já ser mãe e casada. São os meus dois maiores sonhos!
Parabéns pelo blog, mas principalmente por este post. FANTÁSTICO!