sábado, 27 de setembro de 2008

É mais ou menos assim...



O professor A é colocado, mas não pode aceitar porque está em licença sem vencimento, chega o professor B que apesar de aceitar tem problemas de saúde e mete um certificado de incapacidade temporária. Eis que chega o substituto, o Professor C que fica colocado colocado a 380 Km de casa, solução: mete um certificado de incapacidade temporária. Por isso mando vir outra alminha, o professor D, que só por acaso está aposentado...

Entretanto os meninos estão sem aulas... mas não tem mal, as senhas já chegaram!!!

Agradecia que não colocassem falecidos, são difíceis de contactar, não atendem telemóveis.

4 comentários:

Elsa Pinto disse...

Então os meninos agora vão ter portáteis, e isso é que é importante!
O pai permitir ao filho gastar 0,50 euros no bar, nem pensar...dinheiro para a papelaria, não precisa, ... e se for o funcionário a pagar as cópias tanto melhor...
"Como é que ele gastou tanto dinheiro? Não pode ser!"
A culpa é da escola, é a incompetência dos funcionários...
A mesma escola que recebe este meninos todos os dias, os funcionários que são muitas vezes, mais pais que os próprios pais...
não interessa as condições, a culpa é da escola...o importante é os meninos entrarem lá bem de manhã e sairem á noite...
É tudo fruto da "educação" que temos...

Carlos Teles Grilo disse...

Passados estes anos todos, a conclusão é terrívelmente simples... muita política educativa... TUDO NA MESMA...

JS disse...

Pelo andar da carruagem, vamos mas é meter tambem um certificado de incapacidade temporária e.. rumamos a um SPA!!! Que diz Elsinha?

Elsa Pinto disse...

Isso é que era... e era para já!
É melhor ir tratando do spa, porque em contrário o mais certo é nogueiró, eu diria magalhães... não sei é se aceitam, não é a área de residência...
Ainda entravamos na instituição como o outro... a olhar o vazio, meio perdidas e de BI na mão...