domingo, 28 de setembro de 2008

A minha hora...

Algumas pessoas mais atentas tem-me chamado atenção para acertar a minha hora. Ela está certa. Passo a explicar:
1. Nunca poria aqui no blogue a hora de Portugal, vamos que me dava vontade de escrever durante o horário de trabalho e V. Exas. lá diriam mais qualquer coisinha acerca da Função Publica.
2. A nossa hora é uma seca, todos a conhecemos e sabemos a qualquer momento.
Por isso escolhi a hora da Índia, quem me conhece sabe...
Não, não pensem que lá tenho um familiar ou que fui uma indiana noutra encarnação.
Acho que é mais uma questão de paixão, essas não tem de ter explicação.
Por isso caros amigos, a minha hora está certa. Acertei-a por onde gostava de estar.

4 comentários:

Elsa Pinto disse...

Na Índia... pois sim também eu...
Conti-me para não comentar, mas não deu...ri-me tanto...
Sou um bocado céptica em relação a reencarnações, mas meus amigos, depois do que tenho visto... o melhor mesmo é "mentes abertas"!
Quanto à paixão alguma razão haverá, olhando bem, ainda tem traços de indiana...
Falamos depois sff

JS disse...

Por mais que pense na razão desta paixão, continuo a achar que a culpa é do Sandokan!!! Quanto aos traços de indiana... nem pinta tenho, minha amiga!

Bjs

e falamos depois sff

Ana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana disse...

Se há coisa que não te falta é pinta,amiga... :)

Beijo
Ana