segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Delicadeza




Uma pessoa que muito admiro fez-me pensar nesta palavra e no seu sentido, diz ela que procurando a gente encontra...


Fiquei a pensar na beleza dessa palavra, de como é bonito escreve-la. Nos dias de hoje é cada vez mais raro encontrar alguma delicadeza. Gostava de ver delicadeza em muitos sítios que não encontro. A delicadeza devia fazer parte de nós, como faz parte de nós comunicar, interagir. Delicadezas.


Tenho encontrado porém, essa delicadeza onde menos espero. Aprendi que há mais mais delicadeza numas mãos sujas de terra, que por trás de um fato italiano.


É que a delicadeza, não se compra, é inata...


2 comentários:

Elsa Pinto disse...

Atendendo a que não a tenho comigo, bate a saudade...e gosto de a vir visitar!
E a sua "delicadeza" a toda a hora me surpreende!
Só passei para dizer que concordo inteiramente...
Por vezes já nem pedia delicadeza, mas apenas que as pessoas soubessem "estar", "o lugar que ocupam", é tão bonito e fica sempre bem...

JS disse...

Pois é minha querida, mas acho que infelizmente vou estar ausente mais tempo. Mas obrigado pela visita e pela delicadeza.

Bjs
J