quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

O amor.

Pode ser extremamente simples.
Deve.
É.
Nós, é que nem sempre somos.
Nunca.
Xiça..

8 comentários:

Inact disse...

É a consequência de sermos o bicho homem e não qualquer outro bicho. Se por um lado temos a capacidade de amar, por outro temos a de racionalizar e por vezes há uma incompatibilidade entre as duas. Gostamos de complicar!

disse...

É bem verdade. Nós é que complicamos as coisas...

Cat disse...

Amar pode ser simples mas não é, mesmo, porque somos humanos e para nós nada é simples, há vectores e factores que pesam e se contradizem muitas vezes. Ás vezes temos de parar, não pensar e só procurar sentir o que sentimos no início, na fase do encantamento porque aí não se pensa, de todo! Há que regressar (voltamos aos regressos internos). Beijinhos

Poetic GIRL disse...

Isso é verdade às vezes nós complicámos um pouco, mas quem disse que ia ser fácil? bjs

Ritinha disse...

Hum... precisava mesmo de ouvir isto agora. :)

cArLos disse...

Falar do AMOR ?? ... xiça ... resumindo... é sofrimento e desmesurada alegria ... digo eu!

Nelson Soares disse...

Oi?


looooooool


Stay Well

Jo disse...

não podia estar mais de acordo...