quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Trilha...sonora.


Acho que não sabia viver sem música. A caminho de casa, enquanto conduzia ouvi uma música que outrora foi importante para mim. E viajei no tempo. Durante aqueles minutos tive vontade de rir, de chorar de fazer o tempo voltar atrás. E consegui. Só porque deu aquela música.

Todos nós as temos, as especiais. Aquelas que nos marcam ou marcaram, que tocaram naquele momento e que de uma forma ou de outra formaram a nossa trilha...a sonora.

Lembro-me de ser pequenina e gostar do Chico Buarque a cantar João e Maria, dos fados que a minha Avó cantava baixinho e nunca os acabava, das músicas que a minha mana me cantava na janela do quarto do Toninho. Lembro-me da primeira vez que ouvi jazz e não percebi, lembro-me do horror que sentia quando a fita da cassete era cuspida ou do primeiro risco no LP do George Michael. Lembro-me da primeira vez que à minha frente o Luís Represas, gritou: - Ai saudade!!!

Quanto a si, Mr. Nyman, nunca ninguém me deixou tão angustiadamente feliz, se é que isso existe...

11 comentários:

Malena disse...

Curiosa, esta tua ideia! É tão certa! A nossa vida como uma trilha sonora... :))

PP_FANTASMA disse...

Ai existe, existe :)

João Lopes disse...

Li uma vez isto num filme :
“I believe in music, the way some people believe in fairy tales…”

E é mesmo isso...
A música tem um poder, um peso e um espaço na minha vida, que jamais seria ocupada por outra coisa qualquer =o)

Pelo que vejo neste post, contigo é igual...

Um beijo...
e
"Sê Feliz!" =o)

Naná disse...

A música significa tanto para mim que às vezes me assalta a ideia de "e se eu fosse surda? Meu Deus, como viveria sem poder ouvir música??!!"...
Tu nem te passa pela ideia o tamanho da minha trilha sonora da minha vida, JS!
Um dia se tiver coragem faço disso um post...
Tenho-os para momentos bons, momentos maus.
Mas há uma música que me segue, por onde vou sem eu querer... o Teardrop dos Massive Attack.

Ritinha disse...

Eu tb sou assim... e e tao bom. :)

TILIDA5EVER disse...

Sorteio lá no meu blogue!
Participa...

Inact disse...

Adoro essas viagens mesmo que me façam chorar, o que não raras vezes acontece, mas é sempre um regresso a mim.

JS disse...

Malena e é sempre única com certeza...

PP, existe mesmo, não é?

João a música é universal, eterna e nada e nada se compara à emoção de partilhar o gosto pela mesma música. Beijinhos

Ai Nána tu nem digas isso... Estou ansiosa para ler esse post!

Ritinha, eu sei que sim! Beijinhos

Tilida, obrigada!

Inact, é isso mesmo esses regressos fazem-nos bem...

Cat disse...

Existe sim, sem dúvida!
Fizeste-me pensar também nos meus regressos.
Beijinhos

momentos disse...

Sim, sem dúvida...há músicas que dizem tanto de nós...
Beijinho

Precis Almana disse...

O Piano é uma banda sonora que também me diz muito, muito.