domingo, 12 de junho de 2011

De 7 em 7...

A minha Avó, sentada a fazer crochet na cadeira junto à janela, contava-me sempre que a vida muda de 7 em sete anos. Fazia contas à sua e provava por a+b que realmente de 7 em 7 anos acontecia algo que dava uma reviravolta. Eu achava aquilo mágico, mais mágico ainda porque eu nem 7 anos tinha...

Olhando para trás, a minha Avó tinha sempre razão, mesmo que não nos desse absolutamente nenhuma explicação. A minha vida teve esses ciclos e agora aproxima-se outro... Não sei o que vem por aí, mas o que interessa é que venha, que me renove e me rodopie de alguma forma.

Pois então, venham mais 7...de uma assentada, que eu vivo já.


7 comentários:

Ana C. disse...

Que estranho, esta noite fartei-me de pensar nos 7 anos, mas porque sempre ouvi dizer que todos os casamentos atravessam a mítica crise dos 7 anos e o meu vai celebrar 7 anos em Outubro.
Inconscientemente fico à espera que chegue a crise...

Manuela disse...

Querida JS, eu não sabia desses ciclos.
Sabia sim, com a Ana C. bem diz, da crise dos 7 anos no matrimónio...

Naná disse...

Deixa vir a mudança JS, porque como diz uma amiga minha, mesmo que a princípio nos pareça que é para pior, todas as mudanças trazem coisas boas, trazem a hipótese de renovação.
Quanto aos 7 anos, comigo não resulta muito... mas se fizer a coisa a 8 anos já bate mais certo!

Cat disse...

Comigo é de 4 em 4! Fiz agora 7 anos de aniversário de casamento devo preparar-me para uma crise?!

JS disse...

Meninas, eu já vou em 14 de matrimónio!!! E não acredito na crise dos sete anos, só na dos 70!!!ehehehe

Agri Doce disse...

A sabedoria dos mais velhos é qualquer coisa fantástica.Adoro!

Ana disse...

Olha que olhando para os ultimos anos da minha vida acredito piamente no que a tua avó dizia. Para o ano mudo para uns novos sete anos e ainda bem:) beijinhos